Projetos de pesquisa: fonte de informação valiosa para novas parcerias

Na sociedade do conhecimento, as empresas e as instituições de ensino superior, ciência e tecnologia (IES/ICTI) buscam constantemente novas informações e conhecimentos para gerar inovações. Sem dúvida, as produções técnico-científicas e os resultados dos projetos de pesquisa e de desenvolvimento (P&D) realizados nas IES/ICTI são importantes fontes de informação para o desenvolvimento da ciência, de novos produtos e serviços.

Nesse sentido, os indivíduos que participam de projetos de pesquisa e de desenvolvimento tecnológico e os gestores das IES têm um grande desafio. Os indivíduos, em aprofundar suas pesquisas e publicar os resultados alcançados. Já os gestores necessitam ter nas mãos um mapa preciso de todos os projetos de P&D realizados em suas instituições e conhecer em profundidade os resultados alcançados, para poder, entre outras coisas, promover novas parcerias e projetos de pesquisa com instituições de fomento e com empresas.

Organizar, manter e analisar essas informações manualmente é um trabalho árduo, para não dizer inviável. Felizmente, já existem tecnologias que permitem que realizar, de forma rápida e precisa, um raio-x completo sobre os projetos de P&D e o potencial em CT&I da instituição. É o caso da Plataforma Stela Experta©, que extrai informações das Plataformas Lattes e Sucupira, bem como de diversas outras fontes de dados nacionais e internacionais em CT&I, as organiza e disponibiliza para que os gestores aprimorem seus processos de gestão estratégica e de tomada de decisão.

Como as informações dos projetos de pesquisa podem fomentar novas parcerias

O primeiro passo para identificar oportunidades para o desenvolvimento de novas cooperações em pesquisa é conhecer o potencial em CT&I da sua instituição e o histórico de parcerias que já foram estabelecidas.

Por meio do Stela Experta© o gestor da IES/ICTI poderá gerenciar com muita facilidade as informações registradas nos CVs Lattes de seus docentes e pesquisadores. Em poucos cliques terá em suas mãos uma radiografia completa dos pesquisadores que possuem experiência em P&D em áreas específicas de seu interesse, bem como dos projetos de P&D realizados por eles e dos resultados técnico-científicos alcançados.

Utilizando os diversos filtros de pesquisa do Stela Experta©, será muito fácil e rápido identificar as instituições executoras e financiadoras dos projetos de P&D desenvolvidos pelos pesquisadores da IES, inclusive as que têm sede em outros países. Esse tipo de informação pode ser decisiva na busca de oportunidades de parcerias com universidades, organismos e entidades internacionais, por exemplo.

Imagine que sua IES está interessada em um edital de fomento à pesquisa publicado por uma instituição com sede na Alemanha. Com a Plataforma Stela Experta©, você poderá verificar se a sua instituição já tem histórico de execução de projetos de P&D financiados por instituições alemãs, por exemplo. De forma simples e rápida, será possível identificar os projetos, as pessoas que lideraram e participaram deles, as instituições parceiras e os resultados técnico-científicos obtidos.

Muitos editais de fomento internacionais solicitam parceiros locais como pré-requisito. Assim, docentes e pesquisadores que tenham um histórico de parcerias internacionais podem auxiliar a IES e os seus colegas a identificarem o melhor caminho para que uma nova cooperação seja bem-sucedida. Eles podem, por exemplo, sugerir contatos na Alemanha e formas mais simples de resolver questões burocráticas, entre outros auxílios que só quem já participou de um projeto desta natureza pode oferecer.

Com a radiografia dos projetos de P&D realizada por meio do Stela Experta©, sua IES também poderá identificar as instituições de fomento com as quais está desenvolvendo a maioria das parcerias, visando promover uma aproximação ainda maior. Poderá conhecer, ainda, a quantidade e a natureza dos projetos de P&D em áreas específicas que foram desenvolvidos nos últimos cinco 5 ou 10 anos na sua IES, quais estão ativos, quais envolveram alunos graduação e/ou pós-graduação e quais receberam algum tipo de fomento.

Para que esses diagnósticos sejam bem-sucedidos, os docentes e pesquisadores devem manter seus currículos Lattes constantemente atualizados, tendo o cuidado de preencher todos os campos relevantes relacionados aos projetos de P&D – desde seu nome, as palavras-chave e linhas de pesquisa, a descrição do projeto e a equipe envolvida, até os resultados técnico-científicos alcançados nos projetos, como as publicações geradas, patentes e orientações relacionadas a eles.

Em geral, é mais fácil negociar um novo projeto de P&D com uma instituição ou organização com a qual a sua IES já tenha um histórico de projetos. O Stela Experta© irá lhe auxiliar a realizar um levantamento preciso e completo do histórico de projetos e da capacidade em CT&I de sua instituição.

Sem comentários

Postar um comentário